Sobre a Primeira Pedra

Primeira Pedra é um programa internacional de pesquisa experimental que explora o potencial da Pedra Portuguesa. Centrado nas características físico-mecânicas e estéticas absolutamente únicas dos vários tipos de Pedra que compõem a paisagem geológica de Portugal, Primeira Pedra junta a produção ao design através do desenvolvimento de utilizações inovadoras deste material singular, enaltecendo assim a sua qualidade e a ampla indústria nacional que está ligada à sua extracção e transformação.

Ao longo de 2016 e 2017, Primeira Pedra concretizou 3 grandes projectos de investigação e desenvolvimento – Resistance, Still Motion e Common Sense – que se materializaram através de exposições e apresentações em Veneza, Milão, Weil am Rhein, São Paulo, Londres e Nova Iorque. Em 2018 e 2019, o programa promoveu 3 novos projectos: Mint Street, uma instalação permanente produzida para a freguesia londrina de Southwark; Expanded, uma exposição apresentada em Veneza durante a 58ª Bienal de Arte; e A Bench For a Tower, um grande evento em Nova Iorque. Convidando alguns dos nomes nacionais e internacionais mais sonantes das áreas do design, da arquitectura e das artes visuais, estes projectos posicionam-se como uma homenagem à extraordinária versatilidade desta matéria-prima intemporal.

Permanecendo fiel ao seu objectivo de revelar as possibilidades da Pedra Portuguesa, juntamente com a realidade sociocultural que a sua indústria integra, Primeira Pedra está a desenvolver novos projectos para 2022 junto de arquitectos, designers e artistas. Focando todas as etapas e dimensões deste material e o seu impacto no meio ambiente, estas contribuições exploram abordagens pouco convencionais, reinventando a pedra através do uso de outros materiais e conceitos alternativos. Estes projectos serão apresentados em Paris em Março de 2022, assim como numa exposição retrospectiva em Lisboa, em Junho do mesmo ano, exibindo todas as peças desenvolvidas no âmbito do programa até à data.

 

 

PROJECTOS


Resistance

Este projecto dá especial enfoque à enorme resistência de determinadas pedras portuguesas. Tomando essa característica como factor diferenciador, vários arquitectos foram convidados a desenvolver projectos onde exploram as características fisico-mecânicas da Pedra Portuguesa, associando-as à sua beleza e coloração particulares.

Resistance dividiu-se em duas fases, onde a segunda fase deu continuidade à pesquisa iniciada na primeira, introduzindo um novo conjunto de tipos de pedra, ampliando as abordagens e as possibilidades dos resultados. Os projectos iniciados pelos 5 arquitectos na fase inicial foram finalizados, consolidando as ideias já lançadas. Na segunda fase, um novo grupo de 5 arquitectos juntou-se ao anterior, desenhando e produzindo mais um conjunto de objectos que enriquecem a reflexão sobre o potencial de novos usos da Pedra Portuguesa.

A primeira fase de Resistance foi apresentada em Veneza, durante o decorrer da 15ª Exposição Internacional de Arquitectura da Bienal de Veneza, e a segunda apresentação do projecto aconteceu em Weil am Rhein no Vitra Campus durante a Art Basel 2017, integrando os resultados das duas fases de desenvolvimento.

 

Still Motion

Este projecto junta vários protagonistas da área do design gráfico, explorando o potencial e a diversidade da pedra portuguesa, principalmente nas suas características mais visuais de cor e textura, aplicado a esta área de projecto.

Os designers elaboraram desenhos que foram posteriormente produzidos em pedra utilizando o sistema de embutidos, explorando texturas e a paleta cromáticas das pedras seleccionadas, através da sua opacidade e possíveis acabamentos.

Duas linhas conduziram este projecto: a exploração da ideia de beleza e da sua presença no espaço privado ou público e a criação de imagens que tenham possibilidades de distintas leituras, consoante a perspectiva ou a luz, por exemplo.

Still Motion foi apresentado em Itália, durante o Salone del Mobile di Milano e a Feira de Arte de Milão em 2017.

Still Motion

 

Common Sense

Centrado na área do design produto, Common Sense é um projecto onde um grupo de designers internacionais foi convidado a trabalhar sobre ideias de objectos e utensílios do quotidiano do século XXI, que explorem o potencial da Pedra Portuguesa.

Apelou ao desenho de peças simples, em que a função fosse facilmente perceptível por todos – tentando atingir aquilo que normalmente chamamos de senso comum – apelando também a que as peças traduzissem uma dimensão associada à beleza e à delicadeza. A sua utilização é prevista no âmbito do uso pessoal e doméstico, seja ele em espaço de trabalho ou público.

Common Sense foi apresentado em São Paulo na Casa de Vidro Lina Bo Bardi e também na feira de design MADE.

Resistance

 

Mint Street

Concebida pelo designer de produto Michael Anastassiades e composta inteiramente por mármore português, Mint Street é a primeira instalação exterior permanente do programa Primeira Pedra.

Localizada na freguesia londrina de Southwark, possui uma forte componente de consciencialização ambiental, sendo que utiliza o excedente que resulta da extracção do mármore e que é normalmente rejeitado e deixado nas pedreiras.

Através da junção de vários tipos diferentes de pedra, o resultado produz um efeito que cria um tapete de pedra, contribuindo para a paisagem urbana do Mint Street Park e a sua envolvência.

 

Expanded

Expanded é o primeiro projecto do programa Primeira Pedra alicerçado na arte. Apresenta criações originais de Carsten Höller, Julião Sarmento e Marina Abramović, conceptualizadas para o espaço público.

As obras desenhadas exploram percepções de espaço, escala, tempo e lugar, assim como a possibilidade de expansão de limitações culturais e auto-impostas.

Inseridas nos jardins da Fondazione Giorgio Cini em Veneza, imersas na natureza e expostas em conjunto, estas obras proporcionam aos visitantes momentos de experimentação e confrontação, sublinhando o valor da arte e cultura em espaços públicos.

 

A Bench for a Tower

A Bench for a Tower revelou um banco de Álvaro Siza, desenhado especificamente para a entrada da sua nova torre na ilha de Manhattan.

Denominado de Hell’s Kitchen Bench, nome da zona da cidade que acolhe a torre, este banco original estabelece um diálogo incontornável com as linhas polidas e apuradas do edifício. É uma peça de mobiliário imponente, com quase 5 metros de comprimento, revelando no seu desenho o modernismo poético que tanto caracteriza a obra do Arquitecto. A peça apresenta também um outro material em combinação com a pedra: a madeira, criando uma relação simbiótica entre estas duas matéria-primas naturais e sustentáveis.

Esta peça é uma oferta do programa Primeira Pedra à cidade de Nova Iorque, e ficará permanentemente instalada na entrada da nova torre de habitação.

 

COMUNICAÇÃO


Website

Este é um website compreensivo e abrangente sobre o tema da Pedra Portuguesa. Constitui-se como uma ferramenta útil na pesquisa das potencialidades de aplicação prática do material. Apresenta não só documentação sobre as características mais técnicas da pedra e a sua ocorrência no território nacional, mas também contém informação completa e actualizada sobre a indústria que lhe está associada. Este website acompanha ainda todos os desenvolvimentos e apresentações dos projectos do programa Primeira Pedra.

 

Aplicações Digitais

Como complemento funcional ao website e para facilitar o acesso à informação, o programa Primeira Pedra publicou 3 aplicações gratuitas para plataformas digitais móveis. A primeira aplicação – Primeira Pedra – centra-se sobre os projectos de pesquisa. A segunda – Pedra Portuguesa –  apresenta a enorme variedade de pedras portuguesas, e a terceira – Histórias da Pedra Portuguesa – apresenta factos e particularidades interessantes sobre a pedra em Portugal. Com um funcionamento mais apelativo na pesquisa, visualização e manipulação da informação, e por vezes mais lúdico, estas aplicações digitais permitem uma melhor comunicação sobre os conteúdos nos diálogos que incluem as diversas partes interessadas: indústria, projectistas e clientes.

Primeira Pedra | Pedra Portuguesa | Histórias da Pedra Portuguesa

 

Documentário

Primeira Pedra integra também uma série contínua de documentários, produzidos em parceria com a RTP. Estes documentários exploram os diversos projectos do programa, dando a conhecer as várias vertentes da vida da Pedra Portuguesa, desde a sua existência na natureza, à sua extracção e por fim transformação, segundo ideias inovadoras e o desenvolvimento de projectos específicos. Os primeiros 3 documentários foram lançados em Outubro de 2018 na RTP2.

Resistance | Still Motion | Common Sense



Com o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa Marcelo Rebelo de Sousa

 

Empresas de Produção e Transformação
Airelimestones / Ardósias Valério e Figueiredo / ASG  / Comármore / Cupa Stone / Dimpomar / ETMA / Ezequiel Francisco Alves / Farpedra / Fátima Stones / Feliciano Soares Granitos / Formas de Pedra / Gárgula Gótica / Granidaire Granitos / Joaquim Duarte Urmal & Filhos / Julipedra / JRG Granitos / LSI Stone / Manuel & Cardoso / Marfilpe / Marmocazi / Mármores da Granja / Mármores Galrão / Mocapor / Moca Stone / MVC-Mármores de Alcobaça / Pedrantíqua / Pedra Secular / Pereira Gomes & Carvalho / Polimagra / Silaco / Sociedade das Pedreiras do Marco / Solancis / Solicel / Solubema / Transgranitos